Tags

, , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Eaí pessoal…

Ai vai mais uma dica muito legal para quem está pensando em construir ou construindo. A Cisterna é um método altamente sustentável e que apresenta vários benefícios para Você ($$$$) e para o meio ambiente. Um aspecto muito importante a ser considerado na dúvida de fazer ou não um sistema de cisterna em sua casa é que em médio/longo prazo o projeto se paga e além disso, o seu imóvel valoriza e muito, quando apresentado a ideia de preservação do meio ambiente.
 Aproveitamento das águas pluviais
A captação da água da chuva é uma prática muito difundida em países como a Austrália e a Alemanha, onde novos sistemas vêm sendo desenvolvidos, permitindo a captação de água de boa qualidade de maneira simples e bastante eficiente em termos de custo-benefício. A utilização de água de chuva traz várias vantagens (Aquastock, 2005):
• Redução do consumo de água da rede pública e do custo de fornecimento da mesma;
• Evita a utilização de água potável onde esta não é necessária, como por exemplo, na descarga de vasos sanitários, irrigação de jardins, lavagem de pisos, etc;
• Os investimentos de tempo, atenção e dinheiro são mínimos para adotar a captação de água pluvial na grande maioria dos telhados, e o retorno do investimento ocorre a partir de dois anos e meio;
• Faz sentido ecológica e financeiramente não desperdiçar um recurso natural escasso em toda a cidade, e disponível em abundância todos os telhados;
• Ajuda a conter as enchentes, represando parte da água que teria de ser drenada para galerias e rios;
• Encoraja a conservação de água, a auto-suficiência e uma postura ativa perante os problemas ambientais da cidade.
 Sistemas de Reaproveitamento da Água da Chuva
O reaproveitamento eficiente da água da chuva é muito simples, só são necessários alguns pequenos cuidados que tornam os sistemas mais seguros e de fácil manutenção. Abaixo se encontram os passos a serem seguidos na montagem do sistema de reaproveitamento da água (Aquastock, 2008):
1. Dimensionamento do Sistema
O primeiro passo para o reaproveitamento eficiente da água da chuva é o dimensionamento do sistema ideal para cada caso, a partir das necessidades e objetivos do usuário, da área de captação e das características da construção.
É necessária a coleta de informações e levantamentos no local.
2. Modelo do Sistema
O segundo passo é definir o modelo do sistema de reciclagem, que pode ser feito de várias formas diferentes. Eles podem variar desde linhas que utilizam cisternas e filtros subterrâneos e apresentam soluções mais completas de reciclagem de água de chuva, às linhas mais simples, que utilizam filtros de descida e caixas d’água acima do nível do solo.
3. Fornecimento de Componentes
Com base no dimensionamento e na definição dos objetivos e características do sistema a ser implantado, o fornecedor especifica, integra e fornece os diversos componentes necessários. O principal componente a ser especificado nesta etapa será o filtro por onde a água passará antes de ir para o reservatório.
4. Instalação do Sistema
A instalação fica por conta do fornecedor, que deve dispor de pessoal especializado para realizar a instalação de todos os componentes hidráulicos e também elétricos (no caso de utilização de bombas) dos sistemas
Demostração dos aparelhos do sistema de captação da água:

Imagem

Clonado de: http://portaldeextensao.wikidot.com/aproveitamento-das-aguas-pluviais

Se ainda estiver em dúvida, pense em seus filhos, eles certamente agradecerão por isto.

Pense limpo!

Abraço.
Leitoso (o albino CDF)

Anúncios